Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Conclusão

 

Pela análise das tabelas e gráficos poderemos chegar a algumas conclusões.
·        Gráfico A e Gráfico B – verifica-se um aumento do número de batimentos cardíacos das dáfnias quando estas se encontram na solução de nicotina a 0,8g ou na solução de cafeína 0,68g/l quando comparadas com o número de batimentos cardíacos no controlo, sendo esse aumento mais significativo com a solução de cafeína.
·        Gráfico C, D e E – Quando as dáfnias são colocadas na solução de álcool verifica-se uma diminuição do número de batimentos cardíacos, sendo progressivamente mais significativa à medida que aumenta a concentração de álcool (de 5,6% até 40%).
·        Pela análise do gráfico F constatamos que a cafeína e a nicotina provocam um aumento do número de batimentos cardíacos enquanto o álcool induz à sua diminuição. A linha de tendência adicionada ao gráfico permite concluir ainda a diminuição progressiva do número de batimentos cardíacos com o aumento da concentração de álcool.
 
Poderemos então concluir que as drogas aqui testadas exercem influência nos batimentos cardíacos da Dapnia magna sendo a nicotina e a cafeína drogas estimulantes e o álcool uma droga depressora cujo aumento de concentração provoca uma diminuição progressiva nos batimentos cardíacos. Portanto, todas as drogas aqui testadas são prejudiciais à vida das dáfnias.  
Desta forma, e uma vez que este modelo biológico evidencia respostas fisiológicas básicas muito semelhantes à do ser humano e se comprovou o efeito negativo das drogas no seu ritmo cardíaco, poderemos então inferir que as mesmas drogas deverão afectar o ritmo cardíaco do ser humano.
É fundamental e indispensável adquirir e desenvolver hábitos de vida saudável.
publicado por aequipadafniense às 15:01
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Referências bibliográfica...

. E para finalizar ...

. Continuando ...

. Esperem para ver!

. Conclusão

. Resultados

. Protocolo experimental

. Aula laboratorial

. As drogas e os seus efeit...

. Reprodução

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds